quinta-feira, 14 de dezembro de 2017

EQUIPE DO CENTRO DE SAÚDE EM CARAÚBAS PROMOVE CONFRATERNIZAÇÃO PARA GRUPO DE HIPERTENSOS E DIABÉTICOS

Aconteceu na tarde desta quarta-feira (13), por volta das 16h, uma festa de confraternização dos grupos de hipertensos e diabéticos que fazem parte da Unidade Básica de Saúde – UBS  Dr. João João Marinaldo de Holanda.

O evento aconteceu na sede da Casa do Idoso “Clube de Idosos Amantes das Caraubeiras”, centro, e foi coordenado pela enfermeira Geovanka Cristina, que junto com a coordenadora geral da UBS, Célida Aragão e toda a equipe, organizaram todos os detalhes da festa. O momento foi de muitas emoções com mensagens, bingos, trocas de presentes e lanche. 

Na oportunidade todos os funcionários da unidade bem como do Núcleo de Apoio à Saúde da Família – Nasf “Onézimo Maia”, estiveram dando suporte ao evento.

“É tempo de se comemoração e agradecimento a Deus! E os setores ligados à saúde estão realizando lindos momentos para se confraternizarem com seus pacientes. Desejo a todos um feliz natal e um ano cheio de saúde e paz” disse o prefeito Juninho Alves.











PM E FUNCERN FIRMAM CONVÊNIO PARA ELABORAÇÃO DE CURSO DE HABILITAÇÃO DE OFICIAL

Curso de Habilitação de Oficial é requisito para ingresso no Quadro de Oficiais de Administração
Na manhã desta quinta-feira (14), o Comandante Geral da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte, Coronel PM Osmar José Maciel de Oliveira, recebeu em seu gabinete, representantes da Fundação de Apoio à Educação e ao Desenvolvimento Tecnológico do RN (FUNCERN), com o objetivo de firmar Acordo de Cooperação Institucional.
O Acordo de Cooperação Institucional tem como objetivo a realização pela FUNCERN do exame intelectual (1ª fase) do processo seletivo para o Curso de Habilitação de Oficiais (CHO), que será composto de prova objetiva e dissertativa (redação).
A 1ª fase do processo seletivo para ingresso de policiais militares no Curso de Habilitação de Oficiais, embora de exclusiva responsabilidade da FUNCERN, terá o acompanhamento e fiscalização da Polícia Militar em suas fases de elaboração e aplicação.
O Curso de Habilitação de Oficiais é destinado a Subtenentes e 1ºs Sargentos que poderão ser admitidos após o preenchimento de requisitos previstos na Lei Estadual nº 5.142/82.
“É um prazer para a Polícia Militar ter a colaboração dos senhores e esperamos por muitos outros convênios com a FUNCERN para o avanço de nossa instituição”, disse o Comandante Geral.
Ainda estiveram presentes para a assinatura do Acordo de Cooperação Institucional o Diretor de Ensino, Coronel PM Raimundo Aribaldo Mendes de Souza, o Subdiretor de Ensino, Tenente Coronel PM Arthur Emílio Monteiro de Araújo, o Superintendente da FUNCERN, Jairo Santos, o Gerente de Projetos da FUNCERN, professor Erivan de Amaral, o Coordenador Geral do NUPPS, Wilde Leiros, e o Coordenador de Comunicação da FUNCERN, Teotônio Roque.

COM INVESTIMENTOS DE R$ 2 MI, GOVERNO BENEFICIA SEIS CIDADES COM MICROCRÉDITO


O governador Robinson Faria entregou a pequenos empresários de seis cidades do Rio Grande do Norte 600 cheques do Microcrédito do Empreendedor, iniciativa desenvolvida pela Agência de Fomento do RN (AGN), em parceria com a Secretaria de Estado do Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas).  A mais recente ação foi realizada na tarde desta quarta-feira (13), no ginásio poliesportivo do município de Parazinho, na região do Mato Grande, beneficiada ao lado de Pedra Grande, Touros, São Miguel do Gostoso, Caiçara do Norte e São Bento.
Os investimentos desta ação chegam a R$ 2 milhões, com benefício específico para a pesca, principal atividade econômica da região praiana. O Microcrédito é um projeto de concessão de crédito pioneiro implementado pelo Governo do Estado do Rio Grande do Norte, por meio da Sethas, em parceria com a Agência de Fomento (AGN/RN).
O governador Robinson Faria destacou a autonomia e possibilidade de crescimento por parte dos microempresários beneficiados. “Vocês já sabem melhor do que ninguém como dirigir o próprio negócio. O que faltava era o auxílio para que vocês pudessem formalizar ou ampliar o comércio, gerar emprego e fazer circular a renda para manter em alta a economia regional. A oportunidade chegou para 600 pessoas que poderão caminhar com confiança mesmo diante de um cenário de crise que é vivenciado pelo Brasil. Estamos juntos mostrando como se superam as dificuldades financeiras”, observou.
O diretor da AGN, Murilo Diniz, comentou que o Microcrédito do Empreendedor traz a redenção para a população que pode investir tempo para solidificar um ofício. “Os empresários beneficiados já nos procuram sabendo como e onde vão investir porque eles conhecem a realidade da região, sabem das dificuldades e entendem como podem superar os problemas. Agradeço, sobretudo, ao governador Robinson Faria por cobrar o funcionamento desse projeto e por nos dar a oportunidade de desenvolver uma ação que garante dignidade ao povo”, declarou.
A prefeita de Parazinho, Rita de Luzier, reforçou que o programa “gera emprego e renda para fazer circular a economia da nossa cidade. Como prefeita só tenho a agradecer uma iniciativa como essa que dá o apoio necessário para quem está começando ou quem já tem o seu comércio e planeja crescer mais”, encerrou.
Microcrédito
Criado em 2015 pela gestão Robinson Faria, o Microcrédito do Empreendedor já beneficiou cerca de 12 mil famílias em mais de 120 municípios potiguares, gerando 15 mil empregos diretos e totalizando mais de R$ 36 milhões em investimentos.
A expectativa é que até o final de 2018 os recursos disponibilizados pelo Governo do Estado cheguem a R$ 40 milhões destinados a alavancar cerca de 20 mil empreendimentos em todo o RN.
Entre as principais vantagens estão as taxas de juros do empréstimo que são de 1,5% ou 1,7% ao mês, o prazo de até 24 meses para quitar o financiamento e os descontos de 100% dos juros para os comerciantes que pagarem as parcelas em dia.
Tïtulos de terra
Mais cedo, em Poço Branco, o governador entregou em conjunto com o secretário de Assuntos Fundiários e Apoio à Reforma Agrária, Raimundo Costa, e do secretário adjunto da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário, Jefferson Coriteac, 412 títulos de terra para agricultores familiares do município.
O mesmo convênio beneficiará também os municípios de Venha-Ver, Coronel João Pessoa, Doutor Severiano, Encanto, Paraná, Portalegre, Riacho de Santana, Parazinho, Pedra Grande, São Miguel do Gostoso, Jardim de Angicos e João Câmara, um investimento de quase R$ 3 milhões.
No evento, também foi assinado um novo termo de adesão do convênio do Programa Nacional de Cadastro de Terra e Regularização Fundiária, beneficiando Monte Alegre, Jundiá, Monte das Gameleiras, Currais Novos, Coronel Ezequiel, São Bento e Jardim do Seridó, com aporte de R$ 4 milhões.
A emissão e entrega dos títulos de terra para o agricultor familiar concede segurança jurídica e significa, por exemplo, que é possível que os agricultores tenham acesso a linhas de financiamento específicas, bem como acessem políticas públicas para fortalecimento das ações voltadas para o campo.

FRANÇA VAI PROIBIR USO DE CELULARES NAS ESCOLAS A PARTIR DE 2018

PHILIPPE HUGUEN / AFP
Nada mais de jogos, música ou troca de mensagens pelo celular, nem mesmo durante o intervalo das aulas ou no recreio. O ministro francês da Educação, Jean-Michel Blanquer, anunciou nesta semana que o uso de smartphones será totalmente proibido para os alunos do ensino básico a partir do início do próximo ano letivo no país, em setembro de 2018. O assunto gera polêmica e divide opiniões de pais e educadores. VEJA TAMBÉM REPORTAGEM DA Globo News aqui
O uso de celulares nas escolas é cada vez mais comum na França. Mais de oito em cada 10 adolescentes franceses possuem um smartphone, segundo dados do Centro de Pesquisa para Estudo e Observação das Condições de Vida (Credoc, sigla em francês). A tendência começa a ser observada até mesmo na escola primária.
Na teoria, os celulares deveriam ficar dentro das mochilas. Afinal, por lei, o uso de smartphones e tablets já é proibido na França “durante toda a atividade de ensino e nos locais previstos pela regulamentação interna” de cada escola. Mas a regra nem sempre é respeitada. Como conta Denis Adam, secretário nacional do setor de Educação da União dos Sindicatos Autônomos franceses (Unsa), os alunos encontram artifícios para usar os aparelhos nas salas de aula, escondidos dos professores.
Por isso, para ele, proibir o uso dessas tecnologias nas escolas não é a melhor solução. “Primeiro, por uma questão prática. Não vejo como um professor vai conseguir verificar se cada aluno da classe não está utilizando um celular. E, segundo, esse é um fenômeno de sociedade. É mais pertinente acompanhá-lo que proibi-lo”, avalia.
Mais pedagogia, menos proibição
Liliana Moyano, presidente da Associação de Pais e Alunos FCPE, compartilha da mesma opinião. Para ela, é preciso primeiramente que o governo considere ouvir e compreender a parte mais envolvida na proibição, os alunos. “Precisamos de pedagogia para tratar da utilização de aparelhos eletrônicos nas escolas, levando em consideração que os celulares são ferramentas de comunicação, mas também de pesquisa e registro”, preconiza.
A sugestão de Moyano é tratar a questão como “o direito de desconexão dos alunos”, a exemplo da lei trabalhista que entrou em vigor este ano, com o objetivo de respeitar o descanso e o equilíbrio entre a vida pessoal e profissional dos empregados. “Sabemos qual é o efeito das imposições. Por isso, é preciso que as crianças e adolescentes compreendam que o motivo desta medida é em prol de seu aprendizado, caso contrário, ela não será respeitada”, salienta.
A questão de como colocar em prática a medida também é algo que intriga pais e educadores. Onde ficarão os celulares dos alunos quando eles chegarem nas escolas? O que acontece se caso um celular guardado pela escola for perdido ou roubado? E se um aluno estiver passando por uma situação de urgência e precisar falar com os pais? Essas são algumas das dúvidas ainda não esclarecidas pelo governo, salienta Adam.
“Ontem, devido à passagem da tempestade Ana na França, vários pais tiveram que vir buscar seus filhos mais cedo em algumas escolas. Isso só foi possível porque as crianças puderam avisar os pais através de seus celulares. As escolas, sozinhas, não poderiam fazer isso rapidamente como era preciso naquele momento”, reforça o sindicalista.
Proibição só trará benefícios, afirma especialista
Apesar de toda a polêmica em torno da proibição dos celulares nas escolas, muitos especialistas saúdam a decisão do governo. “Estou muito feliz com esse anúncio. Esperava por ele há muito tempo!”, comemora a médica Anne-Lise Ducanda, especialista em proteção maternal e infantil. Ela trabalha sobre os danos que o uso desenfreado de tecnologias podem causar nas crianças.
A médica não tem dúvidas de que a medida só trará benefícios. “Mesmo que já sejam proibidos nas salas de aula, as crianças utilizam livremente smartphones nos intervalos e nos recreios. Assistem a vídeos violentos de acidentes no trânsito e têm acesso até mesmo à pornografia. É claro que é impossível que tenha um adulto controlando todos os celulares dos alunos todo o tempo”, afirma.
A especialista integra o Coletivo Superexposição às Telas (Cose, sigla em francês), do qual fazem parte associações de profissionais e de pais, para alertar da incidência crescente na França de problemas em consequência da utilização excessiva de ferramentas tecnológicas por crianças. À RFI, Ducanda lembra que as crianças francesas têm cada vez mais acesso a smartphones e tablets. “Os pais acabam aceitando comprar celulares para seus filhos para que eles não sejam socialmente isolados da maioria dos outros alunos nas escolas. O que é contraditório, afinal, as crianças acabam se isolando ao utilizar sem controle todas as redes sociais do momento – Facebook, Snapchat, Instagram, etc”, explica.
Efeitos do uso exagerado de tecnologias
A médica enumera alguns dos efeitos nas crianças do uso exagerado de tecnologias, sejam smartphones, tablets ou até mesmo televisão. Segundo ela, de zero a quatro anos, há um atraso de desenvolvimento sobre as competências motora e de linguagem, problemas de atenção, desenvolvimento de comportamento agressivo e até mesmo autismo virtual. A partir de seis anos, constata-se sobretudo problemas de atenção, concentração e do sono. Depois dessa idade, crianças excessivamente expostas a tecnologias vão desenvolver problemas de raciocínio. “Ficamos muito preocupados quando os professores nos dizem que as crianças não conseguem mais se concentrar e pensar como antes”, diz.
A especialista sugere que, no caso de necessidade permanente de comunicação com os filhos, que os pais comprem celulares antigos, aparelhos que façam apenas ligações e enviem SMS. Ducanda é taxativa: “a recomendação é proibir totalmente as tecnologias com telas de zero a três anos; permitir o acesso de, no máximo, uma hora de três a seis anos e duas horas, de seis a dez anos”.
A principal mensagem que a especialista passa é da “necessidade incontestável” de limitar a exposição das crianças às tecnologias com telas. “Se os pais não conseguem dizer não a seus filhos porque há choro e crise, é simples: proibir totalmente. É preciso que todos tenham consciência de que é mais difícil criar crianças com tecnologias do que sem. Não temos dúvidas de que os alunos que se sairão melhor na escola e terão sucesso na vida são aqueles que passaram menos tempo diantes de telas”, conclui.
RFI
BLOG DO BG

TERMINAL SALINEIRO DE AREIA BRANCA É DESINTERDITADO E JÁ ESTÁ EM FUNCIONAMENTO

A Companhia Docas do Rio Grande do Norte – CODERN – comunica a desinterdição do Terminal Salineiro de Areia Branca, ocorrida às 08h desta quinta-feira (14), após nova vistoria realizada pelo Ministério do Trabalho e Emprego na tarde da quarta-feira (13).
A plataforma localizada no Oceano Atlântico é responsável pelo escoamento do sal produzido no Rio Grande do Norte e já está novamente em funcionamento.
A interdição ocorreu no dia 01 de dezembro e a CODERN vai intensificar esforços para evitar prejuízos econômicos.
BLOG DO BG

PROFISSIONAIS DA SAÚDE REALIZAM ATIVIDADE PSICOSSOCIAL COM GRUPO DE ADOLESCENTES EM CARAÚBAS

Na tarde desta quarta-feira (13), foi realizado um atendimento psicossocial em grupo ministrado pelas profissionais Núcleo de Apoio à Saúde da Família – NASF “Onézimo Maia”, psicóloga Emillayne Gurgel e assistente social Jéssica Medeiros. 

O momento aconteceu no Centro de Saúde João Marinaldo de Holanda e contou com a participação das profissionais do Centro de Apoio Psicossocial – Caps “Assis Reinaldo”, a psicopedagoga Audênia Martins; Assistente Social, Jailma e a psicóloga Ingrid Danher Alves Silva. 

O objetivo do trabalho com o grupo é contribuir para o processo de saúde e melhorar a qualidade de vida dos usuários SUS no seu contexto social e familiar, restituindo aspectos emocionais e sociais com uma atuação mais próxima da sociedade, promovendo a escuta, o acolhimento e o cuidado com as adolescentes.

Para o prefeito Juninho Alves todas as atividades realizadas na área da saúde são importantes, e o dinamismo tem feito parte do cotidiano desta grande equipe. “Quero aqui parabenizar por todas as ações desenvolvidas durante este ano, pois incansavelmente realizaram o trabalho com muita dedicação” enfatizou.


PREFEITURA REVITALIZA ''CACHIMBA'' QUE ABASTECE COMUNIDADE DAS SOMBRAS GRANDES

A Prefeitura Municipal de Caraúbas, por intermédio da Secretaria de Políticas do Campo e Meio Ambiente, realizou nesta quarta-feira 12, um trabalho de revitalização na “Cacimba” que abastece a comunidade das Sombras Grandes. O reservatório serve para matar a sede das pessoas e dos animais, não só da localidade, como também das comunidades circunvizinhas.

De acordo com o secretário de Políticas do Campo, Elionaldo Benevides, a cacimba estava praticamente desativada devido à sujeira e o assoreamento do local, porém o prefeito Juninho Alves se comprometeu com os moradores em realizar a limpeza e, assim, garantir água para as atividades diárias da população que precisa do local.

“A cacimba das Sombras Grandes é um reservatório histórico que ao longo dos anos abastece as localidades adjacentes, no entanto, a ação do tempo deixou o reservatório quase desativado, com pouca água, comprometendo o abastecimento. Recentemente o prefeito Juninho Alves visitou a comunidade e se comprometeu com os moradores em realizar a limpeza da cacimba, o que graças a Deus, foi feito”, explicou o secretário.

Uma das preocupações do prefeito Juninho Alves é cuidar para que as comunidades sejam assistidas com o abastecimento de água e a “Cacimba” das Sombras Grandes recebeu todo o cuidado da administração, que enviou o maquinário para realizar o serviço.

“Desde o primeiro dia da nossa administração que estamos tendo o cuidado de assistir as comunidades que precisam do abastecimento de água. Em visita a Sombras Grandes, os moradores pediram para revitalizar a cacimba local e, essa semana o maquinário da Prefeitura, realizou o serviço”, concluiu Juninho Alves.






quarta-feira, 13 de dezembro de 2017

GOVERNO FIRMA CONVÊNIO PARA FISCALIZAÇÃO AMBIENTAL E REINAUGURA FOLHA DAS ARTES


A fiscalização das unidades de conservação nos grandes polos turísticos do Rio Grande do Norte e o policiamento ostensivo ambiental tiveram hoje um grande ganho. O governador Robinson Faria assinou nesta terça-feira, 12, convênio que destina R$ 2,7 milhões para essas ações que serão desenvolvidas pelo IDEMA e pela Companhia Independente de Policiamento Ambiental (Cipam). Locais como o Parque das Dunas, a Mata da Pipa e a APA de Genipabu serão beneficiados diretamente.
A assinatura do convênio aconteceu no Parque das Dunas em ato solene que também reinaugurou a recuperação do espaço Folha das Artes. O local passou por limpeza da estrutura metálica, substituição dos tubos de aço galvanizado, instalação de novas luminárias, polimento do piso e pintura e instalação da nova cobertura. Foram seis meses de obra e R$ 473 mil investidos na recuperação de toda estrutura que abriga eventos regularmente, como a feirinha de artesanato promovida pela Secretaria de Trabalho, Habitação e Assistência Social (Sethas). O equipamento é gerido pelo Governo do RN, via Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (Idema).
Robinson Faria ainda anunciou a recuperação do anfiteatro do Parque das Dunas e enfatizou o esforço da administração estadual que fez o Rio Grande do Norte sair do 24º lugar como preferência de destino turístico no Brasil em 2015 para o terceiro lugar em 2017. “Isto é resultado das ações que o atual governo vem desenvolvendo para dinamizar o setor que tem impacto em outras 55 atividades e dinamiza a economia gerando trabalho e renda”, destacou o Governador.
Sobre o parque
O Parque das Dunas é o segundo maior em área urbana do Brasil, menor apenas do que a Floresta da Tijuca, no Rio de Janeiro. No Bosque dos Namorados, área do parque reservada à visitação pública, onde fica a Folha das Artes, há infraestrutura para o desenvolvimento de atividades de pesquisa científica, educação ambiental, lazer e turismo ecológico. O Parque das Dunas tem funções fundamentais para a qualidade de vida da população: contribui para a recarga do lençol freático da cidade epurifica o ar. Seu ecossistema de dunas abriga fauna e flora de grande valor bioecológico com diversas espécies em processo de extinção.

AGENTES PENITENCIÁRIOS DO RN ENTRAM EM GREVE

Os agentes penitenciários do Rio Grande do Norte entraram em greve na manhã desta quarta-feria (13). A categoria cobra do governo o envio de um Projeto de Lei à Assembleia Legislativa que garanta a diferença remuneratória dos níveis, que já estão implantados nos contra-cheques, mas que na prática não funcionam. O Grupo de Escolta Penal, que é responsável por levar presos para audiências, julgamentos, transferências entre unidades e até para atendimentos médicos em hospitais, cruzou os braços.

Um dos agentes, que preferiu não se identificar, disse que está no sistema há sete anos e meio. Ele conta que já foi promovido para o nível 3, de acordo com o estatuto da categoria, mas não teve nenhum reajuste salarial.

Com a greve decretada a partir desta quarta, alguns serviços estão suspensos nas unidades prisionais do estado. Banho de sol dos detentos, visitas de familiares, audiências e projetos sociais desenvoldidos dentro das unidades, nada disso será realizado, afirmou o Sindicato dos Agentes Penitenciários do RN (Sindasp).

Apesar da greve, a presidente do Sindasp, Vilma Batista, disse que não haverá redução de efetivo para não comprometer a segurança dentro dos presídios. O RN hoje conta com 904 agentes para uma população de quase 9 mil detentos.

NOTICIAS DE SÃO MIGUEL 

DOIS DEPUTADOS DO TOCANTIS SÃO ALVOS DE AÇÃO DA PF NA CÂMARA

Os deputados Dulce Miranda (PMDB-TO) e Carlos Gaguim (PODE-TO) são alvo de operação da PF (Foto: Montagem com fotos de Lucio Bernardo Junior/Câmara dos Deputados e Luis Macedo/Câmara dos Deputados)
A Polícia Federal (PF) deflagrou na manhã desta quarta-feira (13), em Brasília, operação que tem como alvo os deputados Carlos Henrique Gaguim (PODE-TO) e Dulce Miranda (PMDB-TO), mulher do governador do Tocantins, Marcelo Miranda (PMDB-TO).
Mandados judiciais de busca e apreensão foram cumpridos nos gabinetes de Gaguim e Dulce na Câmara dos Deputados, no apartamento funcional dos dois parlamentares e também nas residências deles no Tocantins.
Os policiais federais chegaram à Câmara por volta das 7h30, e os andares onde ficam localizados os gabinetes dos dois deputados foram interditados pela Polícia Legislativa. Somente depois das 9h, servidores da Casa que trabalham no mesmo pavimento foram liberados a ingressar nos gabinetes.
De acordo com a PF, estão sendo cumpridos 16 mandados de busca e apreensão e 8 de intimações. As diligências foram solicitadas pela Procuradoria Geral da República (PGR) e autorizadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF).
Até a última atualização desta reportagem, o G1 ainda não havia conseguido localizar Carlos Gaguim e Dulce Miranda.
Segundo a assessoria da Polícia Federal, a ação desta quarta faz parte da 6ª fase da Operação Ápia, que investiga um esquema de corrupção que teria desviado recursos públicos direcionados a obras de terraplanagem e pavimentação asfáltica no Tocantins. Os contratos sob suspeita ultrapassaram R$ 850 milhões.
Nesta fase da operação, policiais federais e procuradores da República investigam suspeitas de crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro por parte de integrantes do núcleo político da suposta organização criminosa integrada por Carlos Gaguim e Dulce Miranda.
Os investigadores apontam que ocorreram os crimes de corrupção e lavagem de dinheiro em supostos pagamentos de propinas realizados pela Construtora Rio Tocantins (CRT) aos políticos.
Por volta das 10h, o G1 ligou para os telefones da empresa, mas ninguém atendeu.
Operação Ápia
Considerada a maior investigação policial da história do Tocantins, a Operação Ápia foi deflagrada pela Polícia Federal, em outubro de 2016, para desarticular uma organização criminosa que, segundo as investigações, atuou no estado corrompendo servidores públicos e agentes políticos e fraudando licitações e contratos de obras de terraplanagem e pavimentação asfáltica em várias rodovias estaduais.
Na quarta fase da Operação Ápia, realizada em abril, o deputado estadual Siqueira Campos (DEM-TO) foi alvo de mandado de condução coercitiva.
Conforme a PF, as obras foram financiadas com empréstimos internacional obtidos pelo governo de Tocantins e com recursos do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).
Os financiamentos para bancar as obras de infraestrutura do programa batizado de Proinveste e Proestado somaram R$ 1,2 bilhão. O governo federal atuou como avalista da dívida contraída junto ao Banco do Brasil.
Os investigadores apuraram que foi montado um esquema de corrupção para desviar parte dos recursos que deveriam ter sido direcionados ao programa de pavimentação asfáltica.
A Operação Ápia afirma que houve direcionamento das licitações do programa de infraestrutura e que empresários receberam pagamentos por serviços não executados em troca de propinas.
Ainda segundo as investigações, o núcleo político deste esquema de corrupção era responsável por garantir as contratações e o recebimento de verbas públicas indevidas por parte dos empresários ligados à organização criminosa.
G1
BLOG DO BG

PREFEITURA E DETRAN/RN REALIZAM PINTURAS DE SINALIZAÇÃO DE TRÂNSITO PELAS RUAS DE CARAÚBAS

A Prefeitura de Caraúbas, RN, por meio da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos através do Departamento Estadual de Trânsito - Detran/RN já está desde cedo nas ruas de Caraúbas realizando as pinturas horizontais nos redutores de velocidades, e pintando as faixas de pedestres. 

Esta é uma solicitação do prefeito Juninho Alves ao Departamento de trânsito, que prontamente atendeu seu pedido e enviou sua equipe de funcionários.

O serviço está tendo o apoio total e vistoria da Secretaria Municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos que tem como secretário Miguel Araruna, que visa melhor organizar as vias públicas, onde estão as sinalizações principais.

Segundo Miguel este processo que estão realizando de pinturas está sendo utilizado uma tinta para demarcação viária para que possa ficar visível para os motoristas. 

Para o prefeito Juninho Alves estes serviços são importantes, pois o trabalho de pintura está sendo executado nas ruas com maior movimento e nos cruzamentos mais perigosos que tem maior risco de acidentes. “Nosso objetivo é melhorar a sinalização das nossas ruas, principalmente, nesta época de final de ano que aumenta o fluxo de veículos”, enfatizou o prefeito.













terça-feira, 12 de dezembro de 2017

VICE-PREFEITO PAULO BRASIL PARTICIPA DO 2º ENARA PROMOVIDO PELO NAESC EM CARAÚBAS

O evento aconteceu no Ginásio Poliesportivo Raimundo Amorim Fernandes – Zimar Fernandes, por volta das 19h e contou com a participação do vice-prefeito Paulo Brasil, representando o prefeito Juninho Alves, que cumpre agenda em Brasília (DF); Secretário de Educação Francisco Antônio Alves; Secretário de Políticas do Campo e Meio Ambiente, Elionaldo Benevides; chefe de gabinete, Zezineto Mendes representando o magnífico Reitor Pedro Fernandes, subcoordenador Regional da Emater/RN, Moacyr Januário de Souza Júnior e alguns professores da Uern, Vinícius Claudino, Vera Lúcia Lopes, Wagner Miranda e Demétrius Marques.

O evento que teve como objetivo incentivar o interesse das pessoas para administração rural, para que através do incentivo, promovam o desenvolvimento valorizando as parcerias do pequeno e grande agricultor. E teve como público alvo pessoas que tem interesse na gestão rural como alunos de administração, representantes de associações, presidentes de sindicatos, pequenos e micros agricultores.
Para o coordenador do núcleo João Bosco Varela da Costa, o momento serviu para discutir administração rural e desenvolvimento local, pois há uma grande necessidade de profissionalizar os gestores para que entendam as reais necessidades que a administração e gestão necessitam para os desafios do meio rural. “O 2º Enara criou um momento de aprofundamento/conhecimento, pois os presentes que tiveram a oportunidade de participar de uma roda de conversa muito bem articulada; e também ainda irão participar no segundo dia de evento de uma visita de campo e também de minicursos com temáticas mais aprofundadas na área”, disse o coordenador do Naesc. 

Na noite de abertura o evento trouxe especialistas da área de gestão rural para discutirem em uma mesa redonda coordenada pelo professor de administração da Uern Vinícius Claudino sobre a temática “Gestão e Desenvolvimento Rural com o Sub coordenador Regional da Emater/RN, Moacir Januário de Souza Júnior; Pro Reitor Adjunto de Assuntos Estudantis Ufersa e delegado do CRA/RN, Júlio César Rodrigues de Sousa e o gestor do Sebrae, Franco Marinho Ramos, onde foi avaliado o contexto que estão inseridos, bem como enfatizaram sobre o empreendedor que deve trabalhar no mercado de trabalho inovando para atrair mais clientes, observando os desafios da gestão e da região e como se obter resultados positivos.

Para o vice Paulo Brasil, o Núcleo em Caraúbas sempre trouxe desenvolvimento para a cidade, e alunos de diversas cidades vizinhas se deslocam para estudar em Caraúbas. Sem contar que o Naesc é referência como modelo de educação superior, e os professores da Uern em Mossoró reconhecem o seu valor. “Esta instituição é um polo central de apoio, que sempre está inovando com grandes eventos como este que está acontecendo hoje, incentivando o estudante a se envolver nos assuntos rurais” desabafou o vice-prefeito.

O secretário de Políticas do Campo e Meio Ambiente Elionaldo Benevides parabenizou a coordenação do núcleo pelo evento, e a temática abordada foi fundamental. “devemos sempre debater sobre esta temática  que é a administração rural; pois falar de agricultura é necessário para fortalecermos nossos pequenos agricultores e futuros investidores” disse Elionaldo.
 “Possivelmente no próximo ano o Enara será ainda maior, pois haverão publicação de artigos científicos, que estarão expostos no evento”, enfatizou  o professor Vinícius Claudino.

O prefeito Juninho Alves que tem sido um braço forte e grande incentivador do pequeno agricultor, junto a secretaria de Políticas do Campo e Meio Ambiente, viu o evento como ponto positivo, e grande incentivador  para o desenvolvimento do agronegócio e crescimento da fruticultura potiguar através das parcerias das empresas que estão diretamente ligadas ao setor da agricultura, e mesmo em Brasília cumprindo agenda, deixou seu apoio ao Núcleo e ao evento como um todo, através do vice Paulo Brasil que esteve no evento.