terça-feira, 4 de abril de 2017

DIOSECE DE MOSSORÓ E PARÓQUIA DE CARAÚBAS-RN EMITEM NOTA DE ESCLARECIMENTO QUANDO A SITUAÇÃO DO PRÉDIO ONDE HOJE FUNCIONA A ACRESEA

A Diocese de Mossoró e a Paróquia de Caraúbas (RN) emitiram uma nota de esclarecimento, repudiando a celeuma que existe quanto o prédio que hoje funciona a ACRESEA (Associação Caraubense de Reciclagem, Serviços e Educação Ambiental) que deverá desocupar em breve e reintegrar a sua propriedade a Paróquia de São Sebastião de Caraúbas.

O prédio que fora construído pela Paróquia, pelo então pároco Pe. Lourenço Slegers, para a Associação Comunitária do bairro Sebastião Maltez, tinha em seus estatutos que na dissolução da Associação o prédio voltaria para Paróquia de Caraúbas.

No entanto, a ACRESEA, que desenvolve um importante trabalho voltado a reciclagem de materiais e ajudando muitas famílias, inclusive na renda dos mesmos, ocupou o prédio na época (2010) com o intuito de pagar aluguel, não podendo honrar os valores com alguns meses depois, ficando assim no prédio até os dias de hoje.
om a dissolução da Associação, em outubro de 2013, restou a Diocese e a Paróquia ajuizar ação de posse, onde no ano corrente, um acordo entre as partes, na Comarca de Caraúbas, a ACRESEA tem até 60 dias para desocupar o prédio.

A nota está assinada pelo Pe. Francisco das Chagas Neto, Pe. Demétrio de Freitas Júnior e o Bispo Dom Mariano Manzana.

Veja a nota na íntegra clicando AQUI.

Informações do blog Caraúbas New