terça-feira, 2 de janeiro de 2018

DIRETORES DE HOSPITAIS AVALIAM COMO POSITIVAS AS MEDIDAS ADOTADAS PELA SESAP

Na reunião com todos os diretores dos hospitais da Região Metropolitana convocada para a manhã desta sexta-feira (22) pela secretária adjunta da Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), Hélida Bezerra, para avaliar a greve nos serviços e o impacto das medidas que têm sido adotadas. Desde ontem a Secretaria disponibilizou transportes para os funcionários que trabalham na rede hospitalar estadual e que devido ao atraso no pagamento dos salários estavam com dificuldades para se deslocarem aos serviços.
Segundo a secretária adjunta Hélida Bezerra a avaliação que recebeu dos diretores dos hospitais da Região Metropolitana é a de que as medidas impactaram positivamente nas unidades. “Apesar de tão pouco tempo, alguns serviços relataram que já houve a normalidade em suas escalas, o que implica no melhor atendimento à população. E também no fortalecimento da confiança do servidor na gestão, que recebeu e apoiou a proposta emergencial da Sesap para que não houvesse descontinuidade do serviço prestado”, destacou.
A Diretora Geral do Hospital Walfredo Gurgel, Maria de Fátima Pereira Pinheiro destacou que foi uma medida espetacular o envio de vans para o transporte dos funcionários. Segundo ela, os servidores são comprometidos e o motivo real de não estarem indo ao serviço era a falta de dinheiro para pagar o transporte. Com essa atitude, os servidores viram que a Secretaria não ficou inerte  e tomou as medidas necessárias para minizar os efeitos dessa situação.
Já Maria José, Diretora Geral do Hospital Santa Catarina, “o impacto da medida emergencial foi muito positivo, desde ontem não houve mais ausências de funcionários. Antes da proposta, as equipes haviam sinalizado que iram trabalhar com 50% do corpo técnico, mas com a garantia do deslocamento, desde o plantão de ontem a noite os serviços no hospital foram normalizados”, relatou.
A reunião teve a participação da Coordenadoria de Hospitais e Unidades de Referência (Cohur) e do Serviço de Atenção Domiciliar (SAD).
Com o andamento do cronograma de pagamento dos salários aos servidores públicos a previsão é a de que esse serviço de apoio ao deslocamento dos servidores se estenda até 2 de janeiro, previsão para regularização do pagamento dos salários.