segunda-feira, 10 de julho de 2017

ÔNIBUS DA BANDA DE FORRÓ JOÃO BANDEIRA É ALVEJADA POR TIROS E INTEGRANTES SÃO BALEADOS



Dois integrantes da banda de forró João Bandeira e os Mestres foram baleados em ação de criminosos em Ipueiras, município da região Norte do Ceará, por volta de 1h deste domingo (9).

Antônio Elton Rodrigues da Costa, empresário da banda, levou um tiro na coxa e, após atendimento médico, foi liberado. Também integrante da banda, Eliene Bezerra Nogueira foi atingida por quatro tiros e internada na Santa Casa de Sobral. O grupo faria show na região.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública do Estado (SSPDS), cerca de 12 homens invadiram o município, explodiram uma agência bancária e atiraram contra o destacamento policial. O ônibus da banda de forró foi alvejado quando passava próximo ao local do ataque.

Durante as ações, os criminosos fizeram reféns para servirem de ‘cordão humano’, antes de seguirem até a agência bancária para armar os explosivos.

O comandante de patrulhamento militar de Ipueiras, sargento Robério Araújo Barbosa informou que os homens vinham do município de Ipu e incendiaram alguns veículos na entrada de Ipueiras para dificultar a chegada de reforço policial à cidade.

Conforme a SSPDS, nenhum dos integrantes do grupo foi capturado.

Assalto

Os Criminosos explodiram a banco, incendiaram carros e atacaram o destacamento policial do município de Ipueiras, região Norte do Estado, na madrugada deste domingo, 09. De acordo com o Comando de Policiamento da Capital (CPI), os homens chegaram em veículos e se dividiram. Durante a ação, duas pessoas que estavam no ônibus da banda de forró João Bandeira foram baleadas.

O comandante de patrulhamento militar de Ipueiras, sargento Robério Araújo Barbosa informou que os homens vinham do município de Ipu e incendiaram alguns veículos na entrada de Ipueiras para dificultar a chegada de reforço policial à cidade.

Conforme o CPI, parte do grupo foi em direção ao destacamento policial e atirou contra o prédio. Os outros criminosos seguiram até a agência do Banco do Brasil e explodiram o local. A polícia interveio e houve troca de tiros.

É o segundo caso de ataque a banco no interior do Estado este mês. Segundo dados do Sindicato dos Bancários do Ceará (SEEB-CE), no último dia 3 de julho uma quadrilha atacou a sede da prefeitura de Baixo, região do Cariri, e explodiu um caixa-eletrônico do Banco do Brasil, também durante a madrugada.

Catolé News