quarta-feira, 26 de abril de 2017

GARIBALDI CITA POTIGUARES QUE CONTRIBUÍRAM PARA TRANSFORMAR A TRANSPOSIÇÃO EM REALIDADE

Ao comemorar, da tribuna do Plenário, a assinatura do contrato – entre o Ministério da Integração Nacional e o Consórcio Emsa-Siton para a conclusão das obras do Eixo Norte do Projeto de Integração do Rio São Francisco, o senador Garibaldi Filho lembrou a participação decisiva de potiguares para que a obra pudesse ser iniciada. Entre outros, ele citou o ex-ministro Aluízio Alves, o empresário Bira Rocha e o engenheiro Rômulo Macedo.
“A obstinação do ministro Helder Barbalho em viabilizar a conclusão da obra me fez lembrar de um homem público que fez dessa luta pela transposição a marca de sua passagem pelo então Ministério da Integração Regional. Ele teve ao seu lado o empresário Bira Rocha e o engenheiro Rômulo Macedo. Todos se empenharam e conseguiram concluir, ainda no governo Itamar Franco, o projeto que hoje está perto de ter concluída sua execução”, afirmou Garibaldi Filho.
Sob o comando do então ministro Aluízio Alves, Bira Rocha – em 1994 ocupando a Secretaria Nacional de Irrigação – recuperou estudos feitos por Mário Andreazza (ministro do Interior no governo João Baptista Figueiredo) e comandou a equipe que elaborou o projeto de engenharia da transposição. “Esse trabalho da época do governo Itamar Franco hoje está perto de ser concluído pelo governo Michel Temer, depois das obras executadas nos governos de Lula e Dilma”, completou Garibaldi.
Segundo o senador potiguar, a previsão é que as águas da transposição do São Francisco cheguem ao Rio Grande do Norte até o final do ano. Ele destacou a luta das bancadas do Rio Grande do Norte, Paraíba, Pernambuco e Ceará para que as obras pudessem ser concluídas. Garibaldi também informou que a retomada dos serviços proporcionará a abertura de 4 mil novos empregos.